Pote de Sonhos

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010


“Se quiser eu piro, e imagino ele de capa de gabardine, chapéu molhado, barba de dois dias, cigarro no canto da boca, bem noir. Mas isso é filme, ele não. Ele é de um jeito que ainda não sei, porque nem vi. Vai olhar direto para mim. Ele vai sentar na minha mesa, me olhar no olho, pegar na minha mão, encostar seu joelho quente na minha coxa fria e dizer: vem comigo.
- Caio Fernando Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Desenvolvido por Milla VieiraMovido por Blogger .blogspot.com

para Pote de Sonho ♥